Descupinização Porto Alegre

A descupinização é realizada através da aplicação por meio de injeção, pincelamento e barreira química (tratamento do solo), utilizando cupinicida de ação rápida e eficaz.

O combate a cupins é precedido de criteriosa vistoria a fim de identificar o tipo de cupim infestante, localizar possíveis colônias e levantar outras informações que auxiliem na tomada de decisão quanto aos métodos de combate a serem adotados.

As técnicas de tratamento de madeiramento fixo ou móveis são adotadas sem comprometer a estética das peças, utilizando-se produtos com mínimo cheiro. Já a proteção do imóvel é feita através de técnicas como barreira química com tratamento do solo ao redor do imóvel e aplicação de inseticida em pó em conduítes elétricos e passagens de encanamento.

Tipo de tratamento de Descupinização:

Após a identificação da espécie infestante pela nossa empresa deverá ser feita uma avaliação criteriosa da área infestada e definir quais as técnicas a serem usadas no tratamento, sendo:

Descupinização com Tratamento em madeiramento – Serão feitas perfurações estratégicas para injeção do inseticida no madeiramento. Após este procedimento, realiza-se uma pulverização externa, criando uma camada de proteção.

Descupinização com Barreira química – Paredes de alvenaria ou lajes de concreto são perfuradas com brocas especificas. O inseticida será injetado, impedindo a invasão e circulação dos cupins nas áreas tratadas.

Descupinização com Tratamento de conduítes – A aplicação será feita por meio de bloqueio com pó químico através de polvilhadeiras

Descupinização Localizado – Consiste em aplicar a calda cupinicida diretamente no local afetado por injeção, tratando cada ponto separadamente.

Cupins – Inimigos Silenciosos e Implacáveis

Os cupins são insetos sociais que formam colônias e consomem celulose. Estes insetos são benéficos nos ecossistemas para a reciclagem da matéria orgânica constituída de celulose. No Brasil existem cerca de 280 espécies de cupins, destas 10% são consideradas pragas urbanas.

Quando a ocorrência de cupins está relacionada a prejuízos econômicos, passamos a considerá-lo uma praga urbana pois podem trazer a perda de móveis, desvalorização de imóveis, incêndios, desabamentos, quedas de árvores, depredação de patrimônios culturais.

Ou seja, o cupim alimenta-se de celulose, independente da estrutura em que ela estiver. Conforme a espécie e local de ocorrência os prejuízos são enormes e irrecuperáveis.

Para controlar ou combater os cupins, temos que inicialmente identificar a espécie infestante. Existem alguns grupos de cupins que normalmente ocorrem no ambiente urbano como o cupim de madeira seca, o cupim subterrâneo, o cupim de montículo, cupim de gramado e cupim arborícola. O tratamento ocorrerá de forma diferente, conforme a espécie de cupim que infesta o local.

Construsul Dedetizadora construsulportoalegre@hotmail.com  

(51) 3094-2083/ 99802-4242 -
Construsul Dedetizadora Desde 1980