Precisando de ajuda?  (51) 3342-8908 – Plantão 24 horas whatsapp: (51) 99556-4343 – construsulportoalegre@hotmail.com

Dedetização Porto Alegre

LIGUE HOJE: (51) 3084.7009 – RESOLVEMOS O SEU PROBLEMA

Menu
dedetizacao (1)

DEDETIZADORA PORTO ALEGRE | DEDETIZAÇÃO

A Dedetizadora Porto Alegre de serviço de dedetização em porto alegre de morcegos, pombos, baratas, ratos, pulgas, percevejos, traças, carrapatos, aranhas, cupins, escorpião, formigas, etc.

Dedetização em Porto Alegre – Descupinização, Desratização, Desinsetização, Dedetizadora. A Empresa conta com equipes de dedetizador prontos para fazer orçamento para o serviço de dedetizar morcegos, pombos, baratas, formigas, pulgas, aranhas, traças, moscas, pernilongos, carrapatos com o nosso serviço de controle de pragas urbanas.

Se as pragas não são bem-vindas em sua casa, permita que elas saibam disso. Nós vamos ajudar você a se livrar de cupins, baratas, formigas, mosquitos, aranhas e outros intrusos. Uma vez que eles mandamos eles para fora, mantemos um perímetro seguro em torno de sua casa para garantir que não voltem. Cada casa é única, quando você tem um problema de pragas ou deseja proteger sua casa de invasores futuros, fazemos uma abordagem de base técnica para ajudar a identificar a raiz do problema e implementar uma solução feita na medida para evitar problemas futuros. Além incomodar, as pragas apresentam riscos graves para a sua saúde e de sua família. Nós vamos ajudar você a se livrar de morcegos, pombos, baratas, formigas, pulgas, aranhas, traças, moscas, pernilongos, carrapatos, e outras pragas intrusas. Aqui no site da Dedetizadora Porto Alegre, nos verificamos a licença das empresas para você! você pode comparar orçamentos (sem compromisso) de dedetizadoras licenciadas e com referencias em todos os bairros de Porto Alegre.

DEDETIZAÇÃO | DESCUPINIZAÇÃO | DESRATIZAÇÃO

Oferecemos modernos programas de controle de pragas residenciais e comerciais, nossos métodos de dedetização são eficientes e seguros. Temos a responsabilidade e o compromisso e manter você, sua família ou empresa protegidos contra os possíveis ataques das as pragas urbanas. Contamos com equipes experientes, produtos específicos para cada tipo de praga e sabemos agir com tranquilidade e segurança de quem tem experiencia no assunto. A realização de uma dedetização eficiente e profissional, se faz necessária se apos você ter usado remédios caseiros ou pulverizadores comprados em supermercados sem ter resolvido o problema. Nao use produtos que você não conhece e não sabe como usar, contrate um serviço profissional com preços competitivos e resolva seu problema de uma só vez, de forma rápida, eficiente e sem bagunça! Durante cada visita, os nossos técnicos avaliam a melhor maneira de implementar uma estrategia eficiente para eliminar as pragas de uma só vez. Se as pragas não são bem-vindos em sua casa, permita que elas saibam disso.

Dedetização

PEÇA UM ORÇAMENTO DEDETIZAÇÃO GRATUITO 

A Dedetizadora Porto Alegre de Dedetização de Pragas Urbana realiza o orçamento mediante a visita de um técnico fornecido sem compromisso. O Serviço de Dedetização em Porto Alegre é realizado apenas após a aprovação do orçamento.

FORMAS DE PAGAMENTO

 

Dinheiro – Á vista com desconto
Cartão – Parcelamos: ( Aceitamos Visa e MasterCard e outras bandeiras )

 

OBS: A empresa oferece outras formas de pagamento para pessoa jurídica, consulte nosso departamento comercial.

DEDETIZAÇÃO EM PORTO ALEGRE | DEDETIZADORA

Nós vamos ajudar você a se livrar de cupins, ratos, baratas, aranha e outras pragas intrusas. Uma vez que eles mandamos eles para fora, mantemos um perímetro seguro em torno de sua casa para garantir que não voltem. Mesmo que você pulverize diligentemente sua casa mês após mês, antes que você perceba, pragas irão assumir o controle de sua casa novamente. Não coloque sua família em risco aplicando produtos químicos que podem ser prejudiciais. Se você quiser, podemos hoje mesmo agendar uma visita para dedetizar sua casa ou empresa. Para sua comodidade, oferecemos uma variedade de serviços e métodos de controle de pragas, incluindo tratamentos seminaturais, quando produtos químicos mais pesados não são necessários, nossas equipes são treinadas, tem o conhecimento e a experiência necessárias para erradicar todos os visitantes indesejados de sua casa. O uso de pesticidas é controlado, e usado somente de forma equilibrada e eficiente, protegendo a sua saúde, a saúde da sua família e a do meio ambiente.

Dedetização (2)

EQUIPE QUALIFICADA DE SERVIÇO DE DEDETIZADORA

Empresa Certificado Pelos Documentos:

 

• Certificado de registro CRQ 5° Região Nº 0681 08 373
• AFT Eng. Químico Nº 136884
• Licença de Operação FEPAM Nº 687/2014-DL
• Alvará de Saúde (Vigilância Sanitária) – Controle de Pragas Nº 9389 e limpeza de reservatórios de água Nº 7045

A Dedetizadora Porto Alegre de Dedetização de Pragas Urbanas conta com uma equipe altamente capacitada e uma moderna frota de carros e caminhões com equipamentos de primeira linha.

Dúvidas Frequentes Sobre Dedetização ou Dedetizadora

Descupinização é um tratamento projetado para impedir que os cupins entrem na estrutura. A descupinização impede que os cupins que já estão dentro da estrutura cheguem ao solo para obter a umidade necessária para sobreviver, nesse caso estamos falando do cupim subterrâneo.

 

Informações completas sobre a descupinização o método mais eficiente para eliminar cupins! Está sofrendo com infestação de cupins? Então você precisa saber o que é descupinização e como é feita.

Esse tipo de pragas pode destruir rapidamente móveis e até mesmo imóveis, comprometendo diretamente o seu patrimônio. Por conta disso, é importante conhecer mais à fundo as alternativas para esse tipo de problema e a descupinzação é a forma mais segura e eficiente para combater esses xilófagos.

Com o avanço da tecnologia, os métodos de descupinização também evoluíram. Hoje é possível, por exemplo, exterminar cupins sem que uma família tenha que ficar semanas longe de casa.

Além disso, também existem alternativas que conseguem prolongar os efeitos dos produtos utilizados na descupinização. E com isso, você também diminui as chances de os cupins voltarem a se proliferar.

Por isso nesse artigo você irá aprender o que é descupinização, quais os tipos e cuidados e muito mais. Então não deixe de ler até o final!

O que é descupinização?

Mas afinal de contas o que é descupinização? Esse é um método de controle e extermínio de infestações de cupins em madeira e também no subterrâneo nos quais são utilizados produtos químicos para eliminar a colônia.

Esse tipo de controle pode ser feito de diversas maneiras. Entre os produtos utilizados estão: solventes, inseticidas e outros tipos de químicos.

Justamente por conta do uso desse tipo de produto é que esse tipo de serviço, a descupinização, deve ser feito obrigatoriamente por profissionais capacitados e que estejam com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs).

Apenas uma equipe especializada pode realizar a descupinização. Ela poderá avaliar o tamanho da infestação de cupins e com isso indicar tanto o melhor método, como também a quantidade de produto que precisa ser usada.

 

Como funciona a descupinização?

 

Uma das dúvidas mais recorrentes entre as pessoas que procuram esse tipo de serviço é como é feita a descupinização. Tudo vai depender diretamente do tipo de infestação de cupins que você tiver. Uma infestação de cupim subterrâneo, por exemplo, não é controlada da mesma forma que uma que afetou apenas um único móvel. Por conta disso, inclusive, que é tão importante que você contrate uma empresa especializa em descupinização. Uma prestadora de serviços do gênero irá ter uma equipe especializada que irá visitar a sua residência, empresa ou comércio. Os profissionais farão uma análise completa do local para identificar desde o tipo de cupim que estão se multiplicando, até o tamanho da colônia. Em casos em que existe mais de uma colônia, por exemplo, os profissionais também irão localizar os focos de cupins. Com base nessas informações é que eles irão indicar o melhor método da descupinização e tipo de produto. Dependendo do tipo de cupim, pode ser necessário que todos as pessoas que frequentam o local se ausentam por algumas horas. 

Mas geralmente quando a proliferação é apenas em um móvel/peça e ainda está no começo, os profissionais podem trabalhar sem que o local tenha que ser esvaziado. A equipe irá aplicar os produtos de extermínio de cupins em pontos estratégicos. Geralmente eles são canais de passagem para os insetos, ou dão acesso diretamente as colônias. Dessa maneira, os cupins que não morrerem na hora irão levar o veneno até os ovos e ninfas. E com isso é possível colocar fim na colônia do inseto de uma vez por todas. Uma coisa importante sobre a descupinização é que após a aplicação do produto, a equipe irá entregar um documento para o cliente. Nele irá constar tanto a data de realização do serviço, como a próxima data. É muito importante que você tenha em mente que para se ver livre desse tipo de infestação, é necessário fazer o procedimento periodicamente. Assim você garante que os produtos continuarão a fazer efeito e a proteger o local.

 

Quais são os tipos de descupinização?

 

Antes de escolher uma empresa de dedetização para fazer a descupinização, é importante saber os tipos existentes. Cada método possui suas vantagens, e é necessário conhecer cada uma para entender qual a melhor alternativa para o seu caso.

 

Descupinização com barreira química

 

Um dos tipos de métodos de controle e extermínio é o tratamento de barreira química contra cupins. Geralmente ele é aplicado quando existem infestações no subterrâneo. Os produtos são aplicados no solo, bem como nas fundações, paredes e teto. Dessa maneira, é possível impedir que os cupins tomem conta da estrutura. Justamente por conta disso esse método de descupinização geralmente é mais utilizado para infestações que ainda estão no começo e não atingiram a estrutura.

Descupinização com tratamento em madeiramento

 

Outro método de descupinização amplamente utilizado é o com tratamento contra cupins em madeiramento. Ele é voltado para infestações que estão em móveis e estruturas de madeira, como: guarda-roupas, fundações, forros, camas entre outros. Por meio desse tipo de técnica os produtos são aplicados através de furos estratégicos. Assim todos os cupins, bem como ovos e ninfas são mortos. Em seguida, também é pulverizado um produto que ajuda a evitar novas infestações.

Descupinização com tratamento de conduítes

 

Quando existem infestações maiores, é comum que os cupins usem conduítes e outros tipos de passagens do gênero para se proliferar e chegar em outros locais. Nesse método, os produtos de descupinzação são aplicados justamente nessas passagens.

Dessa forma, os insetos são mortos antes de aumentarem a colônia, evitando assim maiores estragos nas estruturas.

 

Descupinização localizada

 

A descupinização localizada é utilizada em muitos casos, é muito comum que as infestações de cupins aconteçam em locais específicos, como um móvel ou uma porta. Nesse tipo de situação não é necessário dedetizar cômodos inteiros. O produto químico é aplicado apenas no local que foi afetado pela praga. Dessa forma, é possível dedetizar apenas um móvel ou estrutura específica, evitando transtornos na rotina.

Descupinização com tratamento de árvores e arbustos

 

Entenda a importância da descupinização em árvores, muitas pessoas acreditam que os cupins são pragas que atingem apenas estruturas de madeira, o que é um erro. Existem centenas de espécies de todos os tipos, e algumas se proliferam em árvores e arbustos. Apesar desse tipo de praga ser mais comum em zonas rurais, ele pode surgir em jardins e hortas em centros urbanos. E nesse tipo de caso é necessária a utilização de cupinicida especial. Ele é aplicado em árvores, arbustos e outros tipos de planta. O grande diferencial desse tipo de produto é que ele possui efeito sistêmico. Ou seja, ele é absorvido pela planta. Assim, ela consegue ficar protegida e não sofre com os efeitos desses insetos. Além disso, o produto também acaba indo para as raízes, o que ajuda a evitar infestações no subsolo.

Cuidados na hora de fazer uma descupinização!

 

Quanto o assunto é descupinização, é importante tomar alguns cuidados básicos. Como ela envolve a aplicação de produtos químicos, é importante que eles sejam colocados em prática para garantir tanto a eficácia do processo, como a saúde e segurança.

 

Dúvidas frequentes sobre a descupinização

 

Além da dúvida do o que é descupinização, muitas pessoas também têm outras em relação ao processo, e abaixo nós vamos responder algumas delas. Confira!

 

É possível higienizar o local depois da descupinização

 

Sim, não há problema nenhum de higienizar o local depois da descupinização. Inclusive, é recomendado que você faça uma limpeza tanto no espaço, como em eletrodomésticos, objetos de decoração e outros itens. Após o período de seis horas para tornar ao local, todos os produtos já fizeram efeito e a grande maioria das substâncias se dissipou no ar. Logo, não há perigo nenhum de lavar tudo. Você poderá fazer a higienização do local, que os produtos já terão agido. Só em alguns casos pode ser que insetos começam a aparecer no espaço, uma vez que ao morrerem acabam caindo de forros e paredes.

 

É necessário manter cuidados especiais depois da descupinização?

 

Os cuidados após a descupinização são os mesmos para evitar proliferação. É necessário manter o ambiente sempre limpo, para evitar não só cupins como outros tipos de pragas (baratas, ratos, percevejos entre outras). Além disso, também é importante manter um controle mais rígido sobre a umidade do local. Isso porque, locais úmidos são ideais para a reprodução de insetos de modo geral.

Então é importante manter o ambiente sempre bem arejado e evitar muita umidade.

 

Se a descupinização vai ser realizada no condomínio, eu também preciso fazer na minha casa ou apartamento?

 

É altamente recomendado que, caso a descupinização esteja sendo feita no seu condomínio, você também realize ela na sua residência. Quando os insetos percebem um perigo iminente, eles tendem a procurar um novo local para instalar a nova colônia. Logo, se o seu vizinho está fazendo esse tipo de processo porque está com uma infestação (por menor que ela seja), você também deve fazer. As chances dos insetos se deslocarem até o seu lar procurando um novo local seguro são altas. Por conta disso, inclusive, que normalmente quando o condomínio vai realizar esse tipo de processo, ele solicita que todos os moradores também façam, garantindo assim um ambiente totalmente livre de cupins.

Quanto tempo dura os efeitos da descupinização?

 

A duração dos efeitos da descupinização não dependem diretamente do método utilizado. Em média, eles tendem a durar de 12 meses, conforme informações do fabricante no rótulo do produto. Contudo, é preciso levar em conta outros fatores. Por exemplo, se foi feito o processo para um tipo de inseto, outras espécies ainda podem tentar se instalar no local. Por conta disso, inclusive, é recomendado fazer processo mais completos, que consigam garantir proteção para vários tipos de cupins.

É possível recuperar estruturas e móveis depois da descupinização?

 

Isso vai depender diretamente de quanto tempo você levou para fazer a descupinização, e o tamanho da infestação. Quando a colônia é descoberta ainda no começo, é possível manter a qualidade e segurança de estruturas e móveis. Agora, se você descobriu a infestação quando ela já estava grande, há grandes chances do patrimônio ser prejudicado e não ser possível reverter os danos. Logo, o ideal é sempre atuar de forma preventiva.

Ao fazer a descupinização eu estou livre de outros tipos de pragas?

 

Não, cada tipo de praga necessita de métodos de extermínio e controle específicos. A descupinização é feita especificamente para cupins. E mesmo assim é necessária uma análise completa da infestação, uma vez que existem centenas de espécies de cupins. Se você também estiver sofrendo com outras pragas, como percevejos, baratas e aranhas, serão necessários outros métodos de dedetização. O bacana é que já existem empresas dedetizadoras que trabalham com alternativas que conseguem combater vários insetos ao mesmo tempo, ou que vendem pacotes de dedetização.

É normal encontrar insetos pelo chão ou outros locais depois da descupinização?

 

Sim, é muito comum encontrar insetos mortos ou morrendo em vários locais até alguns dias depois da descupinização. Isso porque eles tentarão fugir para um novo local, mas irão morrer no meio do processo. Além disso, como eles vão levar o veneno até suas colônias, você pode encontrar cupins em diferentes estágios do ciclo de vida. Desde ovos até adultos.

Quando fazer a descupinização contra cupins?

 

Agora que você sabe o que é descupinização, deve estar se perguntando quando é recomendado fazer esse tipo de processo. A maioria das pessoas acredita que os cupins podem montar colônias apenas em madeiras. Contudo, apenas uma espécie de cupins faz isso. Existem outras que podem se instalar no solo e até mesmo em árvores. E o pior, os sinais desse tipo de infestação são tão sutis, que apenas quando a colônia já está gigantesca que muitas pessoas se dão conta que estão sofrendo com esse tipo de praga. Por conta disso, o ideal é fazer descupinização de forma periódica. Não só para garantir o controle, mas também para ter uma rotina de prevenção. Por meio da descupinização periódica, você conseguirá evitar que o seu patrimônio seja afetado e ainda garantir a saúde e bem-estar da sua família ou colaboradores. Então, agora que você já sabe o que é descupinização, não deixe de contratar uma prestadora de serviços especializada. Entre em contato conosco e saiba mais sobre os serviços oferecidos.

Desratização é o nome dado ao método para exterminar ratos. Para desratizar as empresas desratizadoras utilizam raticidas granulados, peletizadas, parafinados e pó de contato. Desratização com segurança e bons resultados é com a Construsul Dedetizadora.

Desratização – Como é feita a desratização e como funciona esse método de combate e controle de roedores urbanos, os ratos? Neste artigo vamos abordar a desratização química, mecânica e um pequeno resumo sobre a desratização biológica, além de algumas dicas para evitar que os ratos entrem em nossas casas. Tire suas dúvidas sobre a desratização agora mesmo!

Apenas um lembrete, a Ribeira Dedetizadora utiliza apenas a desratização química, não fazemos uso da desratização mecânica e muito menos da desratização biológica, ok? Nos dias de hoje, não é raro encontrar residências e estabelecimentos comerciais que sofrem com a infestação de roedores, principalmente nas grandes cidades. Por isso, a busca por serviços de desratização também tem aumentado de forma significativa.

Mas afinal, você sabe como a desratização é feita? Aprenda tudo sobre como a desratização é realizada e fique tranquilo na hora de contratar uma empresa especializada na eliminação de roedores, procedimentos chamados por alguns leigos de dedetização de ratos.

A desratização é feita e funciona mesmo? O que é a desratização? Basicamente há três formas de realizar a eliminação total de roedores de um ambiente. Pode ser feita de forma mecânica, também conhecida como física, química e também biológica. Todas podem oferecer excelentes resultados e sua indicação vai depender da quantidade de animais presentes e do próprio local em questão.

Desratização através de controle mecânico

A desratização do tipo mecânica é a mais conhecida e mais utilizada. Nela, o profissional espalha diferentes tipos de armadilhas, que tem como objetivo atrair e capturar os animais.

Há muitos tipos de armadilhas, como por exemplo, podemos citar:

Gaiolas
Alçapões
Guilhotinas
Caixas

Em cada armadilha, são colocadas iscas especiais de acordo com o tipo de rato presente. No caso de ratazanas, por exemplo, indica-se o uso de pedaços de salsicha, bacon ou até peixe. O mesmo tipo de isca também é bastante eficiente para os chamados “ratos de telhado”, muito comuns nas cidades.

Quando há uma infestação de camundongos, uma espécie diferente de rato que é caracterizado pela longa calda e extremidades afuniladas, o ideal é utilizar iscas diferentes, como por exemplo, um pão untado com pasta de amendoim.

Há ainda outros métodos físicos conhecidos, como por exemplo, os aparelhos de ultrassom e as placas de cola. O ultrassom funciona afastando os animais através da liberação de um som que é inaudível para os humanos, mas assusta os roedores. Este método nem sempre traz bons resultados.

Já as placas de cola, são consideradas cruéis com os animais, já que causam agonia e mal-estar. Também não são muito efetivas e por estes motivos, acabam sendo pouco utilizadas hoje em dia.

Vantagens e desvantagens em utilizar a desratização mecânica

A desratização mecânica é uma das melhores formas de se combater ratos em locais onde não é permitido ou indicado utilizar raticidas químicos. Afinal, eles que podem causar danos ao ambiente ou serem consumidos de forma acidental por animais de estimação ou crianças.

Além disso, as armadilhas podem ser colocadas em locais estratégicos, evitando que sejam encontradas facilmente e que o odor possa atrapalhar o convívio social.

A principal desvantagem é que nem sempre é possível utilizá-las, já que nem todas as espécies de roedores costumam cair nas armadilhas. Algumas espécies costumam ser muito desconfiadas e evitam se aproximar de objetos que não lhe são conhecidos.

Desratização através de métodos químicos

A desratização química é aquela na qual são utilizadas substâncias artificiais para matar os ratos. São desenvolvidas de forma artificial e são tóxicas. Por este motivo, somente profissionais capacitados e protegidos devem manusear este tipo de material.

A desratização química não ocasiona sofrimento do roedor, mas pode ser perigosa também para a vida de animais de estimação, como por exemplo, cães e gatos caso sejam utilizados raticidas clandestinos, como por exemplo, podemos citar o chumbinho, produto altamente tóxico que matar até mesmo uma pessoa. Para garantir uma maior segurança, é preciso sempre utilizar substâncias que sejam liberadas pela legislação vigente e pela ANVISA.

Os órgãos de controle proíbem que sejam utilizados raticidas a base de estricnina ou arsênio e nem tampouco que se comercialize qualquer tipo de material para este fim na forma líquida. Portanto, desconfie de qualquer empresa que ofereça a desratização fazendo o uso de produtos líquidos, atualmente no mercado brasileiro não existe raticidas legalizados para essa forma de aplicação.

Vantagens e desvantagens da desratização química

Esse procedimento de desratização trata-se de uma forma rápida e muito eficiente no controle de roedores. O procedimento deve ser feito somente por um profissional qualificado, para que saiba exatamente a quantidade ideal de produto a ser utilizado e em que locais deve ser colocado.

A principal desvantagem deste método está na toxidade das substâncias, que se manuseadas de forma incorreta poderão causar problemas de saúde a pessoa que estiver manuseando de forma incorreta.

Risco de ingerir o raticida? Isso é praticamente nulo…. Para a nossa segurança e da nossa família a maioria dos raticidas de primeira linha contém uma substância amargante chamada, bitrex, que previne o risco de o material ser ingerido acidentalmente por crianças e animais de estimação.

Desratização através de métodos biológicos

Apesar de existir e ser até oferecidos por alguns tipos de empresas, a desratização biológica não é recomendada pela Organização Mundial de Saúde, já que podem trazer danos e riscos à saúde humana de quem vive ou frequenta os locais onde o produto é utilizado.

O mercado já efetuou diversas tentativas dentro do mesmo conceito, mas todas trouxeram riscos muito maiores às vantagens apresentadas. Em alguns casos utilizou-se bactérias que além de causar o sofrimento e a morte lenta dos roedores, também trouxe riscos a outros animais e humanos.

Apesar de ser importante conhecer todas as formas possíveis de desratização, o método ideal só poderá ser indicado por um profissional treinado. Evite tentar combater ratos e outras pragas sem consultar uma empresa dedetizadora, pois você poderá correr sérios riscos de contaminação.

Como se proteger de uma infestação de roedores

Costumamos dizer aos nossos clientes que a melhora desratização é sempre a prevenção, ou seja, a melhor forma de se combater uma infestação de roedores está sempre na prevenção. A prevenção é sempre feita com medidas de higiene e limpeza simples e cuidados que devem ser levados a sério todos os dias.

O tripé para um controle de ratos eficiente é basicamente através de:

Medidas preventivas: tudo o que deve ser feito para evitar a penetração e instalação das pragas;
Medidas corretivas: o que devemos fazer para corrigir o ambiente, para suprimir as facilidades que a praga, no caso o rato, esteja ali encontrando para se instalar e procriar;
Medidas de eliminação: o que pode ser feito para o combater os ratos já existentes.

Com estas dicas, vai ficar muito mais fácil se manter longe dos roedores. Mas caso apareçam altas infestações e a situação fuja do seu controle, entre em contato com uma empresa especializada em desratização. Veja a seguir as dicas para manter os roedores longe de sua casa ou estabelecimento comercial.

Ações preventivas, uma grande aliada da desratização
Evite o acúmulo de entulhos e objetos
Mantenha o pátio sempre limpo, arejado e seco
Descarte alimentos de forma correta, de preferência em sacos plásticos fechados
Descarte dejetos de animais diariamente
Armazenar o lixo em recipientes tampados no aguardo da coleta
Lançar campanhas educativas induzindo os vizinhos e usuários a não jogar o lixo em terrenos baldios e assemelhados
Ações corretivas, imprescindível para que a desratização tenha bons resultados
Tapar caixas d’água e não deixar recipientes com água ao alcance dos roedores
Corrigir vazamentos de água de torneiras e canos condutores
Remover todos os alimentos atacados para outros pontos de alcance dificultado para os ratos
Evite deixar sacos de comida e ração no chão ou em locais abertos
Ações de eliminação, a desratização propriamente dita
Identificar as espécies infestantes para selecionar as melhores abordagens e técnicas de combate;
Implantar programas permanentes de controle de ratos;
Se possível, localizar e tratar os ninhos dos ratos infestantes
Considerações finais da desratização e dedetização de ratos

A desratização, também chamada de dedetização de ratos, não é tarefa fácil. Exige trabalho comprometimento, exige aplicação e, acima de tudo, exige recursos e tempo. Contudo, em nenhum centro urbano somos obrigados a ter os ratos a nossa volta, participando do nosso dia-a-dia, nos espoliando e nos causando uma série de transtornos e riscos.

Um boa desratização e manejo dos roedores vai mantê-los sob controle, em números tais que não nos cause maiores precauções. Seria possível erradicar os ratos? A resposta, surpreendente para muitos, é sim! Só depende de nossa decisão e tudo o mais que será necessário para atingir esse objetivo.

 

O que é desinsetização? O termo correto é desinsetizar (desinsetização) ou dedetizar (dedetização)? A forma correta atualmente para o controle de pragas urbanas é desinsetização e não dedetização. Para entender melhor, este último, apesar de consagrado pelo uso, faz alusão ao DDT, inseticida muito utilizado na década de 1970 e que foi banido do mercado devido sua alta toxidade e persistência no ambiente.

Desinsetização é uma atividade de extrema importância para nossa saúde e do ambiente em que vivemos. A atividade de desinsetização tem como objetivo básico garantir que o ambiente e os produtos que consumimos (alimentícios, farmacêuticos, higiênicos, lazer, vestuário e outros) estejam livres de contaminações causadas por insetos, roedores, pássaros, animais silvestres e outras pragas urbanas.

Em ambientes residenciais e comerciais a desinsetização vai além da aplicação de produtos químicos para eliminação de pragas urbanas. Para exercer tal atividade é necessária a atribuição da responsabilidade técnica do serviço a um profissional legalmente habilitado e devidamente registrado em seu conselho de classe. A nossa dedetizadora é 100% legalizada e autorizada pela Vigilância Sanitária e Conselho Regional de Química a prestar serviços de desinsetização para qualquer tipo de estabelecimento, fornecemos todas as documentações exigidas pelos órgãos competentes.

O Ministério da Saúde, apoiado por seus órgãos competentes, determina que, para a desinsetização em residências ou qualquer estabelecimento comercial, as empresas dedetizadoras devem utilizar produtos registrados para este fim (domissanitários). Tais produtos são de uso profissional e não podem ser vendidos diretamente ao consumidor.

O fim da desinsetização amadora

A era da desinsetização amadora está com os dias contados. Diferentemente de décadas passadas, atualmente há legislação que garante ao consumidor uma série de direitos, e com aumento do grau de suas exigências, o mercado de desinsetização vem se desenvolvendo e qualificando, especialmente em indústrias, levando às empresas a atenderem as necessidades dos consumidores, cumprindo várias normativas e leis Federais, Estaduais e Municipais.

Estas exigências as empresas de desinsetização acabam por retirar do mercado os famosos “Zé Bombinhas”, aquelas pessoas que realização o procedimento de desinsetização e controle de pragas de forma generalista, sem critérios, colocando em risco principalmente as pessoas e o meio ambiente.

Na desinsetização, quais são os produtos utilizados?

Vamos falar um pouco sobre os produtos de desinsetização? Existem vários produtos inseticidas, a maioria deles aerossóis, iscas para baratas e formigas e iscas para roedores, alguns podem ser encontrados em supermercado para uso residencial e que podem ser adquiridos e aplicados por leigos, tomando apenas pequenos cuidados que são apresentados nas próprias embalagens do composto químico, visando minimizar qualquer risco de intoxicação ou contaminação.

Entre as principais formulações de uso profissional utilizadas na desinsetização tem-se inseticidas nas formulações líquida, pó e gel e as iscas raticidas / rodenticidas parafinadas, granuladas ou pó de contato.

A escolha do equipamento adequado e da forma de aplicação dos venenos de desinsetização está relacionada principalmente com a praga presente, ou seja, a praga a ser combatida, com as características da infestação e do local, com a formulação do inseticida escolhido para o controle. Entre os equipamentos utilizados pelas empresas especializadas em desinsetização pode-se citar: pulverizadores costais, polvilhadeiras e pistolas de gel.

Entenda o que fazer antes e após a desinsetização

Antes de iniciar o processo de desinsetização, recomenda-se que o local esteja limpo. Esse cuidado garante que o inseticida alcance seu objetivo e, por outro lado, forme uma camada residual sobre as superfícies tratadas, tornando o tratamento da dedetização mais eficiente e duradouro.

Animais de estimação devem ser retirados do local para evitar qualquer tipo de exposição com o produto químico da desinsetização e os moradores só devem voltar às suas residências após o tempo pré-estabelecido pelo fabricante do produto, descrito na ficha de segurança ou rótulo do inseticida. Geralmente o período recomendado é em torno de 4 a 6 horas. Para inseticida na formulação gel não há necessidade que o morador deixe o local, pois a aplicação é localizada e não coloca em riscos os moradores e animais.

Deve-se garantir que todo alimento foi devidamente guardado em locais fechados ou embalados, antes do tratamento químico, para evitar qualquer tipo de contaminação. Alimentos expostos dever ser descartados e utensílios devem ser cuidadosamente lavados após a desinsetização.

Outra recomendação após a desinsetização é que não se faça limpeza pesada no local nos primeiros dias, pois durante este período espera-se que os insetos que estejam alojados em locais de difícil acesso, saiam para se alimentar e se contaminem com o produto.

Manipule o produto da desinsetização de forma correta

O primeiro passo para uma desinsetização eficaz é a escolha do inseticida correto para combater determinado tipo de praga. Atualmente o mercado disponibiliza uma gama de produtos químicos, de diferentes grupos químicos, específicos para uso em residências e muito seguros ao aplicador, aos residentes, aos animais e ao ambiente.

Muitos desses inseticidas não possuem odor e são considerados pouco tóxicos a animais de sangue quente, no entanto, é necessária muita atenção com peixes, aves e tanques, pois nestes casos os produtos podem ser fatais. Caso adquira produtos de uso domésticos, aqueles que são encontrados em supermercados. é sempre importante dar atenção as informações contidas no rótulo antes de iniciar a aplicação.

No caso de iscas raticidas, deve-se ter o cuidado para estas sejam utilizadas com segurança para evitar acidentes com animais e crianças, apesar de já existirem produtos com substâncias amargantes para evitar a ingestão humana. Em caso de suspeita de qualquer tipo de intoxicação, deve-se procurar sempre o apoio médico mais próximo ou os Centros de Controle de Intoxicação da sua região.

Qual a garantia da desinsetização?

As empresas dedetizadoras oferecem normalmente prazos de garantia da desinsetização normalmente em função da praga a ser controlada, o tipo de edificação e suas fragilidades, o local onde está situada e o produto químico utilizado para o controle.

Normalmente este prazo está entre três e seis meses para a desinsetização e desratização. No caso da descupinização, contra o ataque de cupins subterrâneos e de madeira seca o prazo de garantia pode chegar a até dois anos.

A dedetização ou desinsetização, como qualquer outro tipo de prestação de serviço, está embasado na estreita relação de confiança entre o cliente e a prestadora de serviço.

Na desinsetização de pragas esta relação é especialmente importante devido à presença perigosa e incômoda do inseto no interior da residência ou empresa e pela aplicação de venenos para seu controle. A partir do ponto em que se estabelece uma relação de confiança, há uma tendência desta parceria se estabelecer por muito tempo, com benefícios mútuos.

 

A cooperação e a participação da comunidade são indispensáveis para o sucesso no controle de pragas. Uma limpeza profissional pode ser necessária em diversas situações, mas os parasitas mais comuns são:

Barata voadora

A Periplaneta americana, mais conhecida como barata voadora, é uma das pragas mais aterrorizantes e também uma das mais populares em nossas casas. Apenas a critério de curiosidade, essa praga pode viver por até três anos.

Apesar de asquerosa, não existem doenças que sejam diretamente transmitidas pelas baratas (seja pela voadora ou qualquer outra espécie). No entanto, elas podem estar associadas a bactérias, vírus, protozoários, diarreia, fundos, entre outros.

Como se livrar das baratas segundo a dedetizadora
Tomar os devidos cuidados com o armazenamento do lixo (sempre tampe as lixeiras, deixe-as secas e em lugares arejados).
Manter os alimentos do armário sempre fechados e devidamente protegidos.
Não acumular lixo desnecessário pela casa.
Verificar a condição de caixas pegas em mercados ou depósitos.
Tampar ralos da área externa casa e também dos banheiros.
Manter a casa limpa de maneira geral.

Todas essas recomendações também podem ser aplicadas a qualquer outro tipo de barata. Afinal, apesar de espécies distintas, os hábitos desses insetos são iguais. Prevenindo-se das baratas voadoras, você também irá se livrar das outras.

Camundongos

O Mus musculus, famoso camundongo, não é uma praga tão comum aqui no Brasil. Além disso, é uma espécie de rato que não cria tanta repulsa, pois, de fato, são seres fisicamente bonitinhos! Apesar disso, é importante combatê-los quando estes invadem a sua casa.

As principais doenças transmitidas por esses roedores são: leishmaniose, leptospirose, peste Bubônica, sarna, febre hemorrágica, raiva, micoses, etc. Como foi possível observar, esses seres − apesar de fofinhos − podem trazer muitas doenças.

Como se livrar dos camundongos dedetizadora
Manter a casa sempre limpa.
Não acumular tralhas em lugares com pouco trânsito de pessoas (garagem, por exemplo).
Checar as caixas pegas em mercados e depósitos.
Não deixar restos de alimentos em lixos descobertos.
Fechar todos os alimentos que estão abertos no armário e armazenar tudo de forma correta e protegida.

Essas são maneiras preventivas, mas caso você já esteja passando por problemas com os roedores, então você pode apostar em ratoeiras ou nos papéis altamente colantes para prender o ratinho (essa forma é mais adequada, pois você não precisa matá-lo para se livrar dele).

Agora, se você deseja unir o útil ao agradável, uma solução é ter algum gatinho pela casa. Eles são ótimos caçadores e dificilmente algum rato irá se instalar na sua casa com a presença dos bichanos.

Ratazana ou rato de esgoto

As ratazanas, cujo nome científico é Rattus norvegicus, é uma das pragas mais temidas. Além de seu aspecto medonho e asqueroso, o medo desses roedores não é à toa, pois os ratos são responsáveis pela transmissão de diversas doenças.

Esses animais, que podem atingir 45 cm, alimentam-se de carne e até mesmo de indivíduos da sua própria espécie. Tê-los em sua casa é realmente algo que você deve evitar ao máximo.

Assim como os camundongos, podem transmitir leishmaniose, leptospirose, peste Bubônica, sarna, febre hemorrágica, raiva, micoses, etc. Além do mais, esses roedores podem morder, sendo assim, você e seus pets devem tomar cuidado se houver um confronto direto com o roedor.

Como se livrar do rato de esgoto segundo a dedetizadora
Manter limpeza da casa em ordem.
Não deixar restos de comida em lugares impróprios.
Limpar muito bem churrasqueiras após o uso (alguns se escondem dentro dela, principalmente as de alvenaria).
Caso haja grama em sua casa, mantê-la sempre cortada.
Armazene o lixo de forma adequada, mantendo-o seco e fechado.
Evite o acumulo de tralhas.

Se a sua casa está com uma infestação de ratazanas, é realmente recomendado entrar em contato com alguma dedetizadora, pois esses animais são bem ágeis (e intimidadores).

Como esses ratos nadam pelos esgotos, eles simplesmente podem aparecer no seu vaso sanitário. Então, se isso acontecer com você, saiba que é mais normal do que imagina!

Cupim de madeira seca e cupim subterrâneo

O Cryptotermes brevis (cupim de madeira seca) costuma ter o tamanho acima de 1 cm e o encontramos nas portas ou móveis de madeira. Uma curiosidade? O rei e a rainha (assim como as abelhas e formigas, os cupins também possuem essa hierarquia) podem viver até 50 anos!

Já o Coptotermes havilandi (cupim subterrâneo) possui entre 0,6 cm a 1,3 cm e o rei ou a rainha podem chegar aos 30 anos de idade.

Os cupins não causam nenhuma doença, o que faz dele uma praga menos perigosa. No entanto, a espécie pode realmente destruir qualquer móvel de madeira que você tenha em sua casa (além de livros ou qualquer coisa que contenha celulose).

Como se livrar dos cupins segundo a dedetizadora
Os cupins constroem túneis com saliva, terra e até mesmo fezes, para se protegerem. A melhor medida é encontrar esses túneis nos móveis para livrar-se deles.
Como essas pragas aparecem em grande quantidade, chamar por serviços especializados pode ser a maneira mais fácil de lidar com elas.
Broca de madeira

A Broca de madeira (Anobiidae e Lyctidae) possui apenas de 1 mm a 9 mm e vive por menos de 1 anos. Assim como os cupins, essas pragas não transmitem nenhuma doença, mas podem causar estragos na estrutura da sua casa.

Como se livrar da broca de madeira segundo a dedetizadora
Optar por madeiras que são menos propensas a cupins e brocas, como: peroba rosa, peroba do campo, jacarandá, braúna, sucupira, copaíba, orelha de moça, entre outras. Normalmente, os fornecedores já possuem know-how para sugerir qual a madeira que menos atrai esse tipo de praga.
Evite utilizar madeira em locais úmidos.
Cheque, sempre que possível, os móveis de madeira da sua casa para certificar que não há cupim. Não se esqueça de olhar rodapés, molduras ou qualquer coisa que seja feita de madeira.
Se possível, livrar-se da madeira que esteja infestada.
Usar estantes metálicas em bibliotecas e arquivos.
Aplicar produtos para a prevenção dessas pestes, como tintas, vernizes ou algo que seja específico para o combate de cupins e broca de madeira.

Todas essas recomendações também podem ser utilizadas para combater ou prevenir cupim de madeira seca ou cupim subterrâneo.

Formiga cortadeira ou saúva

Essa espécie é mais conhecida como Saúva. Possui diversos nomes científicos, incluindo Atta cephalotes, Acromyrmex aspersus e Acromyrmex subterraneus.

Suas principais características são a cor avermelhada e seu tamanho. Quem a reconhece, logo daí de perto, pois sua mordida é extremamente dolorida (principalmente para crianças).

Poucos sabem, mas as saúvas se alimentam da produção de um fungo e não plantas. Outra coisa que é pouco conhecida, é que a espécie também pode trazer doenças, pois carregam consigo bactérias e vírus.

Como se livrar da formiga Saúva segundo a dedetizadora
Mantenha a limpeza do ambiente em dia.
Realize a poda de árvores, assim como os devidos cuidados com as plantas.
Tampe todos os buracos em rejunte.
Folhas de louro, cravo-da-índia e casca de tangerina são coisas que as saúvas evitam, então são ótimas opções para que você se livre delas pela cozinha.
Pulga

Apesar de associarmos as pulgas apenas aos pets, essas pestes podem estar até mesmo em residências que não possuem animais. Isso porque as pulgas não se alimentam apenas de sangue de animais, mas de sangue humano também. Veja: como acabar com as pulgas.

Possui diversos nomes científicos, incluindo Ctenocephalides felis, Ctenocephalides canis, Xenopsylla brasiliensis, entre outros. Apesar de pequenas, podem transmitir diversas doenças, como dermatite alérgica, peste bubônica (pior problema da Idade Média), viroses, tifo, tularemia, entre outras.

Como se livrar das pulgas segundo a dedetizadora
Mantenha limpeza da casa em ordem, principalmente se houver carpetes e locais que acumulam muita poeira (o uso do aspirador de pó é uma ótima pedida).
Combata os roedores, caso houver, pois eles são os maiores precursores de pulgas.
Caso houver grama na residência, sempre a mantenha baixa e, se possível, passe veneno algumas vezes ao ano.
Mantenha seus cães e gatos limpos. Se houver surto de pulgas, uma opção é recorrer às coleiras antipulgas ou remédios.
Carrapato

O Rhipicephalus sanguineus é uma das maiores pragas em cachorros e além de fazerem muito mal aos pets, os carrapatos trazem muitas doenças, como: doença de Lyme, babesia caballi, babesiose canina e babesia equi. Saiba como se livrar dos carrapatos.

Além do mais, assim como a formigas e baratas, então associados à fungos, bactérias e vírus que podem nos trazer doenças de formas indiretas. Para se livrar dos carrapatos você pode aplicar a mesma medida recomendadas para as pulgas.

Quando as fêmeas vão botar os ovos, elas vão para um lugar mais fresco e normalmente escalam paredes. Sendo assim, sempre fique atento aos locais onde o seu cão dorme (verifique a cama do pet também).

Escorpião Amarelo

O escorpião amarelo − nome científico Tityus serrulatus − atinge 7 cm de comprimento e é um dos predadores das baratas e outros insetos. Não são responsáveis por transmitires doenças em si, no entanto, são extremamente venenosos.

Crianças e idosos podem desenvolver sérios quadros de saúde se forem picados por um escorpião amarelo. O recomendado é que você sempre saiba para onde ir caso seja picado por um desses, isso evita perda de tempo e você será socorrido mais rápido, evitando complicações.

Como se livrar do escorpião segundo a dedetizadora
Evite o acúmulo de lixo
Mantenha os rodapés bem pregados e rentes à parede.
Onde for possível, coloque telas (em ralos, por exemplo).
Mantenha o quintal limpo.
Ao mexer em entulhos ou coisas guardadas (principalmente em áreas abertas) faça isso usando luvas de couro ou semelhantes.
Traça das roupas

O nome científico das traças de roupa é Tineola bisseliella e você já deve ter se deparado com algumas − ou várias − delas pelas paredes e armário de sua casa.

Sua alimentação é mui particular, constituída por couro, poeira, pelos, lã, linho, penas, seda algodão e até mesmo fibras sintéticas. Por isso o nome atribuído à espécie, já que se alimenta, basicamente, de nossas roupas.

Como se livrar das traças de roupa segundo a dedetizadora
Mantenha a limpeza da casa em dia, principalmente dos quartos.
Evite o acúmulo de roupas velhas.
Sempre inspecione cortinas e não deixe de lavá-las uma vez ao mês.
Cheque as quinas do teto dos cômodos, pois elas normalmente ficam nesses lugares.
Não guarde roupas suja (essas são as mais atacadas).
Bolinhas de naftalina no armário evitam o aparecimento de traças.
Traça dos grãos

A traça dos grãos, de nome científico Sitotroga cerealella, mede cerca de 6 mm e possui asas douradas. Assim como o nome sugere, sua alimentação consiste basicamente por grãos (arroz, trigo, milho e cevada), no entanto, alimenta-se de leite, fumo, frutas secas, entre outros alimentos também.

Não são responsáveis por nenhuma doença, mas assim como a traça de roupas, é responsável por muitas dores de cabeça (no sentido figurativo, claro!).

Isso porque elas comem os alimentos do armário e no caso dos grãos você terá que jogá-los fora, pois eles ficam ocos e perdem todo o valor nutritivo. Esse é um grande problema para mercados e depósitos, pois muita mercadoria pode ser perdida.

O recomendado é que você armazene muito bem os seus alimentos, principalmente os grãos. Dê preferência para potes de plástico grosso ou vidros, pois as embalagens próprias do alimento podem ser perfuradas pela traça.

Aranha armadeira

Até o nome científico Phoneutria fera já indica o perigo desse aracnídeo. O corpo pode possui 3,5 cm, enquanto as pernas chegam a 5 cm de comprimento.

Essa aranha é bem característica pelo tamanho das pernas e devido sua cor castanha acinzentada. Apesar de não ser a precursora de nenhuma doença, a aranha armadeira é realmente perigosa.

Sua picada causa dores intensas no local, além de queda de pressão, tonturas, vômitos, adinamia, sudorese, espasmos e até mesmo levar ao óbito. Sendo assim, saiba onde é o centro de atendimento da sua cidade para o caso de picadas de aranha e escorpião (quanto antes é feito o atendimento, melhor).

Como se livrar aranha armadeira segundo a dedetizadora
Mantenha portas e janelas fechadas, principalmente durante a noite.
Não deixe entulho na área externa e quando for manuseá-lo use luvas.
Mantenha a grama do jardim sempre podada.
Não plante bananeiras em seu terreno, pois a árvore atrai muito essa espécie.
Mosquito

Os mosquitos são tão presentes em nosso ambiente que, muitas vezes, deixamos de pensar que eles são, de fato, uma praga que pode − e deve − ser combatida.

Não é segredo para ninguém que as fêmeas se alimentam do nosso sangue e que os mosquitos são os precursores de diversas doenças, sendo muitas delas fatais.

Dengue, malária e febre amarela são as patologias mais conhecidas, mas os mosquitos também podem transmitir filariose, encefalite e até mesmo leishmaniose.

Como se livrar dos mosquitos segundo a dedetizadora
Não deixar água parada;
Manter totalmente fechado qualquer tipo de reservatório de água
Retirar todo o entulho que possa acumular água da chuva
Guardar garrafas de cabeça para baixo (quando estas ficam guardadas em área externa).
Limpar calhas e telhados.
Colocar telas nas janelas para evitar que os mosquitos entrem na sua casa.
Drenar ou ajustar a caída de terrenos que acumulam água nos cantos.
Colocar areia em volta dos vasos de planta para que não acumule água.

Se você estiver passando por um período de muitos mosquitos e pernilongos na sua casa, algumas opções são realmente interessantes para acabar com os mosquitos.

Você pode apostar em venenos de inseto, raquetes elétricas, tomadas que exalam repelente e, claro, os próprios repelentes de mosquito em formas de creme para passar no corpo.

Como forma de precaução, em época de surto de dengue é recomendado que você saia somente de calça cumprida e sapato fechado. Isso reduz drasticamente as chances de você ser picado ao sair de casa (são nessas ocasiões que há mais risco de ser infectado).

Mosca doméstica

Com o nome científico bem claro, a Musca domestica é a famosa mosca que nos cerca enquanto estamos cozinhando (principalmente carnes). Esse inseto, que parece inofensivo, alimenta-se de vários tipos de alimentos humanos, mas também se alimentam de fezes e até de cadáveres.

Muitos pensam que a mosca doméstica não traz nenhuma doença, no entanto, é preciso ficar atento aos voadores. Isso porque as moscas podem transmitir inúmeras doenças.

Febre tifoide, rickettsíase, lepra, peste bubônica, meningite, conjuntivite, tuberculose, varíola, disenteria bacilar, carbúnculo hemático, cólera e muitas outras são as doenças que podem ser transmitidas pela mosca. Ou seja, ela não é tão inofensiva quanto parece, não é mesmo?

Como se livrar das moscas segundo a dedetizadora
Coloque telas em portas e janelas.
Armazene bem o seu lixo, deixando-o seco e sempre tampado.
Cuidado com os alimentos ao estar cozinhando.
Jogue o lixo fora mais rapidamente se houver pedaços de carne.
Mosca das frutas

A mosca das frutas são aqueles mosquitinhos que ficam em volta da fruteira, principalmente das bananas que estão mais maduras. Possui diversos nomes científicos, incluindo: Drosophila melanogaster, Lonchaea pendula, Ceratitis capitata e Anastrepha fraterculus.

Apesar de parecerem ainda mais inofensivas que a mosca doméstica, a mosca das frutas pode transmitir várias doenças também, como: gonorreia, rickettsíase, poliomielite, febre tifoide, conjuntivite, meningite cérebro-espinhal, varíola, etc.

A maneira de prevenção é simples, basta evitar deixar as frutas expostas e sem nenhuma cobertura (principalmente as bananas maduras, como já foi dito).

Percevejo de cama

Cimex lectularius ou Cimex hemipterus são os nomes científicos dado ao percevejo de cama. Essa peste se alimenta de sangue e pode trazer algumas doenças aos humanos.

A praga tem grande potencial para transmitir doenças relacionadas a microrganismo patogênicos e picada pode causar infecções e até mesmo distúrbios nervosos.

Como se livrar do percevejo de cama segundo a dedetizadora

Realizar a limpeza adequada de todos os cômodos da casa.
Fechar buracos e fendas da casa.
Manter os animais domésticos sempre limpos;
Deixar bater sol em todos os cômodos.
Caruncho

Há dois tipos de caruncho muito comuns no Brasil, o caruncho do feijão (Acanthoscelides obtectus) e o caruncho do café (Araecerus fasciculatus). Ambos são um grande problema para a lavoura e para o consumidor.

Esses bichinhos se alimentam de tudo o que tenha celulose, incluindo madeira, farelos, rações e coisas do gênero. Apesar de não transmitirem doenças, poder estragar toda a comida do seu armário.

Como se livrar do caruncho segundo a dedetizadora
Jogar fora alimentos que estejam com caruncho.
Limpar sempre os armários ou a dispensa.
Guardar grãos e afins em potes de plástico duro ou vidro.
Marimbondo

O Marimbondo também possui diversas espécies: Nectarina lecheguana, Polybia occidentalis acutellaris, Pepsis elevata, Gymnopolybia vicina, Apoica pallida, Protopolybia sedula, Polybia vulgaris, Mischocyttarus ater, Polistes canadensis e Polybia demidiata.

A dieta de um marimbondo se baseia em néctar das flores para os adultos, enquanto os filhotes se alimentam de larvas.

Não são transmissores de doença, no entanto, a picada é extremamente dolorida e deixa a região bem inchada (melhora após 3 dias, aproximadamente). Apesar disso, aqueles que possuem alergia ou recebem diversas picadas de uma única vez podem, sim, chegar ao óbito.

Como se livrar dos marimbondos segundo a dedetizadora
Sempre observar onde há o começo de formação de um ninho para retirá-lo antes que se desenvolva.
Coloque telas em janelas e portas.
Caso haja um ninho de marimbondo muito grande, é necessário chamar uma equipe qualificada para retirá-lo, pois fazer isso sem conhecimento pode ser muito perigoso.
Pombo

O pombo, cujo nome científico é Columba Lívia, é um animal presente em todo o Brasil e não há quem nunca tenha cruzado com eles em alguma praça ou na praia.

Poucos sabem da origem dessa ave, mas apenas a critério de curiosidade, o pombo tem origem europeia e veio para o Brasil apenas no século XVI, ou seja, época da colonização.

Apesar de parecerem inofensivos, os pombos são animais anti-higiênicos e podem transmitir doenças relacionadas a vírus e bactérias, além de, claro, trazer o piolho de pomba.

Como se livrar dos pombos segundo a dedetizadora
O ideal é que você retire todos os ninhos e realize a limpeza do local.
Gatos e cachorros são pets ótimos para espantar as pombas.
Não jogue cascas de pão, milho ou semelhantes no chão, pois os pombos se alimentam disso.

ALGUNS SERVIÇOS

Dedetização

Descupinizadora

Desratizadora

Caça Vazamento

Limpeza de Caixa de Água

Desentupidora

Limpa Fossa

Hidrojateamento

Encanador

Impermeabilização